Pages Menu
RssFacebook
Categories Menu

Publicado em 31 de Dezembro de 2014 às 11:22 em Noticias Sabia que ... | 0 comentários

O Consumo Excessivo de Açúcar

O Consumo Excessivo de Açúcar

Branco ou amarelo, de cana ou de beterraba, o açúcar de mesa, é exclusivamente constituído por sacarose, um hidrato de carbono simples que, sendo rapidamente absorvido no intestino, pode causar perturbação no metabolismo do fígado e do pâncreas. Fornece calorias ao organismo, da sacarose, mas nenhum outro nutriente não sendo, por este motivo, considerado como um verdadeiro alimento. Se o procurarmos na Roda dos Alimentos, não o encontramos!

O seu consumo excessivo acrescenta calorias às necessidades diárias recomendadas, contribuindo para o aparecimento de doenças como a obesidade, diabetes e cárie dentária. Por outro lado, se se tentar respeitar a ingestão diária de calorias, mantendo o consumo excessivo de açúcar, a ingestão de alimentos às refeições terá que diminuir, tornando a alimentação deficitária em nutrientes.

No topo da lista dos produtos alimentares ricos em açúcar, estão os alimentos industrializados como os refrigerantes, produtos de pastelaria, chocolates, gelados, fruta em calda, compotas, rebuçados, gomas. A sacarose está presente em alguns alimentos naturais, em quantidades aceitáveis.

Para diminuir o consumo de alimentos ricos em açúcar:

  • preferir a água como bebida de eleição – evitar bebidas com açúcar;
  • reduzir o consumo de sobremesas e de guloseimas;
  • diminuir o consumo de alimentos de pastelaria industrializados – preferir os caseiros reduzindo a quantidade de açúcar adicionado;
  • prestar atenção aos rótulos no supermercado – preferir alimentos doces cujo o açúcar não faz parte das primeiras designações constantes na lista de ingredientes.

Consumir um alimento doce de vez em quando, dentro de uma alimentação saudável e preferencialmente no final das refeições, não é prejudicial. Prejudicial é consumir alimentos com excesso de açúcar todos os dias.

Publicar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *