Pages Menu
RssFacebook
Categories Menu

Publicado por em 16 de Março de 2016 às 18:14 em Noticias Sabia que ... | 0 comentários

O Hipotiroidismo

O Hipotiroidismo

O Hipotiroidismo é uma alteração de funcionamento da tiroide que se carateriza pela produção insuficiente de hormonas tiroideias, comprometendo o normal funcionamento do organismo. É um problema de saúde mais comum nas mulheres e é também a alteração das funções da tiroide com maior prevalência na população.

Leia mais

Publicado por em 25 de Fevereiro de 2016 às 10:12 em Sabia que ... | 0 comentários

Os principais problemas de tiroide

 

Sabia que as doenças da tiroide são muito comuns, sendo mais frequentes no sexo feminino que no masculino.

Existem múltiplas doenças da tiroide. Algumas caraterizam-se pelo incorreto funcionamento da tiroide. A tiroide produz e liberta para a circulação sanguínea duas hormonas, essenciais à vida, uma vez que exercem múltiplos efeitos a nível do metabolismo, crescimento e desenvolvimento do organismo.

Entre as patologias mais comuns da tiroide na população encontram-se:

Hipertiroidismo: ocorre quando a glândula da tiroide produz hormonas em excesso. Quando há um excesso das hormonas tiroideias, o organismo encontra-se “acelerado”.

Hipotiroidismo: ocorre quando a glândula da tiroide não produz hormonas em quantidade suficiente para a corrente sanguínea. Este défice compromete o normal funcionamento do organismo.

Doenças Autoimunes: acontecem quando o organismo não reconhece a tiroide como parte integrante e começa a defender-se dela, através de anticorpos dirigidos contra a glândula tiroide, que podem estimular ou destruir a glândula. São exemplo de doenças autoimunes a Doença de Graves e a Tiroidite de Hashimoto.

Bócio: ocorre quando a tiroide está globalmente aumentada de tamanho.

Nódulos: “inchaços”, quase sempre indolores, na zona do pescoço. A sua grande maioria é benigna, sendo que apenas cerca de 5% destes são malignos, ou seja, cancro da tiroide.

 

Leia mais

Publicado por em 23 de Abril de 2015 às 17:29 em Sabia que ... | 0 comentários

Diminuição do consumo de fruta e hortícolas

Diminuição do consumo de fruta e hortícolas

A fruta e os hortícolas (legumes e hortaliças) são alimentos ricos em vitaminas, minerais e fibra. O seu consumo regular e variado, ajuda a prevenir doenças como a obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares (ex. enfartes do miocárdio), alguns tipos de cancro (ex. estomago e intestino), problemas intestinais (ex. obstipação, hemorroides, diverticulites), deficiências de vitaminas e de minerais. A Organização Mundial da Saúde recomenda um consumo mínimo diário de 400g.

Leia mais

Publicado por em 24 de Fevereiro de 2015 às 11:38 em Sabia que ... | 0 comentários

O Consumo Excessivo de Sal

O Consumo Excessivo de Sal

O consumo excessivo de sal é, atualmente, uma das maiores preocupações no âmbito da Saúde Pública. Este consumo excessivo está na origem de doenças graves como a hipertensão arterial (e consequentemente pelas suas complicações, como por exemplo cerebrais (AVCs) e cardiocirculatórias), o cancro do estômago e as enxaquecas.

A Organização Mundial de Saúde recomenda, para um adulto, que o consumo de sal não ultrapasse os 5 g diários. Alimentos consumidos diariamente como o queijo, manteiga e pão já contêm sal adicionado aquando do seu fabrico, cujo teor deve ser descontado aos 5 g recomendados. Ou seja, esta recomendação refere-se ao consumo total de sal que consta nos alimentos adquiridos e nos alimentos cozinhados em casa.

Leia mais

Publicado por em 31 de Dezembro de 2014 às 11:22 em Noticias Sabia que ... | 0 comentários

O Consumo Excessivo de Açúcar

O Consumo Excessivo de Açúcar

Branco ou amarelo, de cana ou de beterraba, o açúcar de mesa, é exclusivamente constituído por sacarose, um hidrato de carbono simples que, sendo rapidamente absorvido no intestino, pode causar perturbação no metabolismo do fígado e do pâncreas. Fornece calorias ao organismo, da sacarose, mas nenhum outro nutriente não sendo, por este motivo, considerado como um verdadeiro alimento. Se o procurarmos na Roda dos Alimentos, não o encontramos!

Leia mais