Pages Menu
RssFacebook
Categories Menu

Publicado em 16 de Março de 2016 às 18:14 em Noticias Sabia que ... | 0 comentários

O Hipotiroidismo

O Hipotiroidismo

O Hipotiroidismo é uma alteração de funcionamento da tiroide que se carateriza pela produção insuficiente de hormonas tiroideias, comprometendo o normal funcionamento do organismo. É um problema de saúde mais comum nas mulheres e é também a alteração das funções da tiroide com maior prevalência na população.

O Hipotiroidismo é uma alteração de funcionamento da tiroide que se carateriza pela produção insuficiente de hormonas tiroideias, comprometendo o normal funcionamento do organismo. É um problema de saúde mais comum nas mulheres e é também a alteração das funções da tiroide com maior prevalência na população.

A tiroide é uma glândula localizada na parte anterior do pescoço debaixo da laringe que produz hormonas que regulam a temperatura corporal, ajudam o organismo a usar eficientemente a energia e contribuem para o normal funcionamento de importantes órgãos como o coração, o cérebro, o fígado e os rins.

 

SINTOMAS CARATERÍSTICOS NO ADULTO:

  • Falta de energia
  • Obstipação
  • Aumento da sensibilidade ao frio
  • Pele e cabelo secos
  • Baixa frequência cardíaca
  • Sensação de cansaço permanente
  • Aumento de peso
  • Cãibras e rigidez muscular
  • Queda de cabelo
  • Tendência para depressão

 

DIAGNÓSTICO:

O diagnóstico é feito através da identificação dos sinais característicos do Hipotiroidismo, pela palpação da zona do pescoço detetando possíveis alterações de tamanho da tiroide e através da determinação sanguínea dos níveis de hormonas tiroideas (T3 e T4) e de TSH (Hormona estimulante da tiroide).

No caso do hipotiroidismo congénito, este é diagnosticado logo à nascença, sendo um dos parâmetros analisados no “teste do pezinho”.

 

TRATAMENTO:

O Iodo é um elemento necessário para a síntese das hormonas da tiroide e, uma vez que o organismo não o produz, deve ser ingerido regularmente com a alimentação.

Contudo, o Hipotiroidismo tem de ser tratado através da reposição externa das hormonas em falta – Tiroxina (T4) sintética -, regra geral, para toda a vida. Desta forma, é fornecido ao organismo a quantidade de hormonas que a tiroide se tornou incapaz de produzir. No organismo a T4 é convertida é T3 que é a hormona ativa nas células.

Contudo, a vigilância dos níveis hormonais deve ser feita regularmente e se necessário deve ser ajustada a dose da medicação prescrita.

Adicionalmente, nos doentes com Hipotiroidismo não controlado é comum que os níveis sanguíneos de colesterol sejam mais elevados do que o normal.

 

ALIMENTAÇÃO

Alimentos benéficos:

  • Fontes de iodo: Algas ( chlorella, spirulina), mariscos, sal iodado, peixes de mar. O sal iodado é a melhor forma de suplementação em iodo. Uma alimentação equilibrada fornece o iodo de que precisamos, especialmente se comermos peixe com regularidade.
  • Fontes de ferro: feijão e carne vermelha magra (uma porção por semana), levedura de cerveja.
  • Fontes de selénio: cereais integrais, amêndoas, marisco e carne de aves.
  • Fontes de zinco: bivalves, mariscos, amêndoas, carne vermelha magra.
  • Fontes de vitamina A: cenoura, abóbora, fruta, peixe e gema de ovo.
  • Fontes de ómega 3: salmão, sardinha, óleo de linhaça.
  • Azeite

Fibras, porque evitam o aumento brusco de açúcar no sangue.

Publicar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *