Pages Menu
Categories Menu

Publicado em 23 de Janeiro de 2023 às 16:37 em Tiróide | 0 comentários

Quando o Risco de Osteoporose é Real…

Quando o Risco de Osteoporose é Real…

Por certo já ouviu falar na osteoporose, uma doença que torna frágeis os ossos, aumentando a probabilidade de fraturas. Um problema para o qual contribuem vários fatores, do exercício físico à vitamina D, sem esquecer as hormonas. E é aqui que entra também a tiroide.

Isto porque as hormonas tiroideias afetam a taxa de perda óssea e a capacidade de substituição do osso perdido, o que significa que, para quem sofre de problemas da tiroide, que se traduzem num desequilíbrio da produção hormonal, seja por excesso ou defeito, o risco de osteoporose é maior. 

Vejamos o caso do hipertiroidismo, que se caracteriza por uma produção excessiva das hormonas da tiroide. Aqui, demasiadas hormonas no corpo aceleram o ritmo a que o osso é perdido, tornando mais difícil a substituição da perda óssea com a rapidez necessária. O que significa que será preciso reduzir esta produção para que a taxa de perda óssea deixe de ser tão rápida e a força óssea possa melhorar. 

Já no que diz respeito ao hipotiroidismo, em que existe um défice de produção hormonal, uma tiroide subativa não é, só por si, um fator de risco para a osteoporose, mas o tratamento pode fazer aumentar os níveis hormonais, pelo que é necessária uma monitorização regular para garantir que os níveis da hormona tiroideia não são demasiado elevados.

No caso da osteoporose, como para muitas outras doenças, a prevenção é mesmo o melhor remédio. E é possível ajudar a manter os ossos saudáveis através de uma dieta equilibrada, com alimentos ricos em cálcio, mantendo os níveis normais de vitamina D, evitando fumar, mantendo o consumo de álcool dentro dos limites recomendados e praticando exercício de forma regular. 

 

Fonte: https://www.btf-thyroid.org

Publicar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

20 + 7 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.