Pages Menu
RssFacebook
Categories Menu

Publicado em 08 de Janeiro de 2020 às 13:02 em Noticias | 0 comentários

Novo ano, novas expetativas… novo estilo de vida?!

Novo ano, novas expetativas… novo estilo de vida?!

Entrámos num novo ano. Um ano, com um dia extra, 29 de fevereiro. Na numerologia tem a vibração 11, o número dos visionários! É um ano importante para se motivar a si próprio, de grande inspiração. Acredite, tudo está nas nossas mãos, nas suas mãos!

Assim, iremos expor-lhe como as escolhas da sua alimentação e do estilo de vida podem ajudar pessoas com problemas da tiroide, mas também de toda a população portuguesa.

Em primeiro lugar, focamos na sua dieta. Focar, é o verbo certo para que controle os distúrbios na tiroide. É certo que pessoas que sofrem de hipotiroidismo podem apresentar alguma dificuldade em emagrecer devido a uma maior retenção de líquidos. Já no hipertiroidismo, o doente tem uma significativa perda de peso, recuperando após o início do tratamento. Como é óbvio, não existem alimentos que aumentem ou diminuam as hormonas que regulam a tiroide, mas alguns que uma pessoa com hipotiroidismo ou hipertiroidismo deva consumir com maior frequência. Vejamos alguns alimentos/nutrientes que podem ser benéficos para a sua dieta.

Alimentos ricos em selénio devem fazer parte da sua alimentação, pois o selénio está presente em grande concentração na tiroide, sendo essencial para os mecanismos da função tiroideia que ajudam na função tiroideia. Este nutriente é importante para o sistema imunológico, para a função cognitiva e para a fertilidade. Em relação a alimentos a evitar, a soja deve estar no topo da sua “lista negra” pois interfere na absorção da hormona tiroxina (T4). Também deve evitar o excesso de algas, café e brássicas (a couve-flor e o repolho, por exemplo), pois podem contribuir para um aumento da glândula.

Em segundo lugar, destacamos alguns hábitos que podem estimular o seu dia-a-dia de forma a ter um estilo de vida com menos probabilidade de desenvolver problemas na tiroide. Se anteriormente utilizamos o verbo focar, agora reforçamos ainda mais. Quantas vezes já ouviu: “Queres manter-te saudável? Perder peso? Foca-te!”. E é isso mesmo que tem de fazer diariamente. Vários estudos apontam que o consumo de álcool está associado a uma maior probabilidade de hipotiroidismo e hipertiroidismo. Dê prioridade ao exercício físico, desde cardio, flexibilidade e fortalecimento dos músculos. Acredite, o exercício pode aumentar a energia para enfrentar o seu dia e diminui o stress. Aposte então numa caminhada, em ioga e levantamento de halteres leves.

Resumindo, a disfunção na tiroide não é sinónimo de uma baixa qualidade de vida. Como referimos anteriormente, é o leitor que tem de ter vontade e adaptar-se a um estilo de vida saudável.
Perante as suas expectativas para continuar o novo ano, está preparado para um novo estilo de vida?

Fontes:
1. https://adti.pt/2019/04/12/tiroide-e-atividade-fisica/

Publicar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

eighteen + 14 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.