Pages Menu
Categories Menu

Publicado em 06 de Maio de 2021 às 10:58 em Noticias | 0 comentários

Cinco mitos comuns sobre a tiroide que está na hora de esclarecer

Cinco mitos comuns sobre a tiroide que está na hora de esclarecer

Se eu tiver um distúrbio da tiroide, vou saber de imediato.

Era bom que assim fosse, mas não é. Da fadiga, à ansiedade, palpitações ou queda de cabelo, os sintomas do hipotiroidismo são semelhantes aos de outros problemas comuns, o que faz com que se desvalorizem ou se atribuam os sinais a qualquer outra coisa. O que significa também que, se tiver um distúrbio da tiroide, o mais provável é que tal não seja óbvio. É, no entanto, fácil de saber através de uma simples análise ao sangue.

Os distúrbios da tiroide afetam apenas as mulheres mais velhas.

Nada podia estar mais longe da verdade. De facto, estes problemas, embora sejam mais prevalentes nas mulheres, afetam também os homens e podem-se manifestar em qualquer idade ou fase da vida, desde a infância, idade adulta, gravidez e na terceira idade. 

 

Um caroço no pescoço indica a presença de uma doença da tiroide.

Se é verdade que a presença de um caroço no pescoço pode ser sinal de problemas na tiroide, pode também ser um quisto ou um nódulo linfático inchado, pelo que o melhor a fazer é, sempre, consultar um especialista. E, mesmo no caso da presença de nódulos na tiroide, tal não tem de ser sinónimo da existência de um cancro, uma vez que estes são relativamente comuns – cerca de metade da população do mundo apresenta pelo menos um nódulo até aos 60 anos. 

 

É possível controlar o hipotiroidismo apenas com a dieta.

São muitos os que procuram terapias alternativas para o tratamento dos seus distúrbios da tiroide, mas ainda que uma alimentação saudável seja um dos ingredientes para uma saúde que se quer também sã, a verdade é que este gesto, por si só, não melhora a função da tiroide. A gestão da doença faz-se sobretudo através da toma da hormona da tiroide T4. 

 

A doença da tiroide é contagiosa.

Mais uma vez, a premissa é errada. Ainda que possa existir casos de distúrbios da tiroide na família, isso não significa que os mesmos sejam contagiosos, mas é antes resultado do facto de estas doenças terem uma associação familiar. 

 

Fonte: www.thyroidaware.com 

Publicar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

17 + eighteen =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.