Pages Menu
Categories Menu

Publicado em 06 de Janeiro de 2022 às 14:32 em Noticias | 0 comentários

Tiroide e Fertilidade: Uma relação nem sempre pacífica

Tiroide e Fertilidade: Uma relação nem sempre pacífica

Está a pensar engravidar e não consegue? Apesar de poderem ser vários os motivos para tal, há também uma elevada probabilidade de a responsável poder ser a tiroide. É que as hormonas produzidas por esta pequena glândula interagem com outras, sobretudo as reprodutivas, sendo essenciais não só para a ovulação, mas também para a implantação de óvulos e manutenção de uma gravidez saudável. E nem os homens escapam, uma vez que a tiroide tem também influência na fertilidade deles.

Seja quando funciona em excesso, a chamada tiroide hiperativa, ou quando funciona de menos, a subativa, o funcionamento da tiroide tem impacto na fertilidade masculina e feminina. Como? Os níveis de hormonas tiroideias abaixo do ideal aumentam, por exemplo, o risco de aborto espontâneo, parto prematuro e outras complicações, e pode prejudicar também o desenvolvimento do cérebro do feto. 

Se for a tiroide o motivo pelo qual não consegue engravidar, controlar o seu funcionamento pode restaurar a fertilidade e reduzir o risco de complicações para a saúde. Para ter a certeza, o melhor mesmo é consultar um médico e fazer um exame de sangue simples, que vai detetar a quantidade de hormonas que a tiroide está a produzir, permitindo um diagnóstico no caso da existência de problemas.

E é importante que o faça não só se estiver a tentar engravidar, sem sucesso, há mais de 12 meses, mas também se teve dois ou mais abortos espontâneos, tem ciclos menstruais irregulares, história familiar de problemas da tiroide, uma baixa contagem de espermatozoides ou um histórico de problemas testiculares, da próstata ou sexuais.

Fonte: https://www.thyroidaware.com/en/yourhealth/pregnancy.html 

 

Publicar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

seventeen + 8 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.