Pages Menu
Facebook Instagram Youtube WhatsApp
Categories Menu

Publicado em 06 de Abril de 2023 às 11:50 em Tiroide | 0 comentários

Exercitar o Corpo e Melhorar a Mente

Exercitar o Corpo e Melhorar a Mente

Para quem vive com um distúrbio da tiroide, a prática de exercício físico pode não ser, de todo, uma prioridade. Ou porque o cansaço associado ao hipotiroidismo o impede ou porque a fraqueza muscular imposta pelo hipertiroidismo vence qualquer vontade que ainda possa existir. Mas a verdade é que a prática de atividade física, tal como já foi inúmeras vezes confirmado pela ciência, ajuda em muitas coisas, seja na redução da pressão arterial, na diminuição do colesterol, no aumento da massa muscular ou ainda no combate aos sintomas dos problemas da tiroide.

O que significa que a sua prática não só é desejável, mas também aconselhada para quem tem o diagnóstico deste tipo de distúrbios. Mas ainda assim, como diz a sabedoria popular, “o pior é começar” e é nesse sentido que a Fundação Britânica da Tiroide deixa alguns conselhos.   

Primeiro, de nada vale ter objetivos pouco realistas ou metas que, depois, não vai conseguir concretizar. O melhor é começar devagar, fazendo apenas aquilo de que se sente capaz, mesmo que isso pareça pouco.

Depois da decisão tomada e para esclarecer todas as dúvidas, nada melhor do que consultar o seu médico, para saber qual o tipo de exercício que deverá ser melhor para o seu caso. Por exemplo, se tiver hipertiroidismo, poderá sentir-se sem fôlego mais depressa ou suar mais e o seu ritmo cardíaco poderá aumentar mais rapidamente. 

Não desista, mesmo que pareça difícil. Comece com objetivos mais fáceis de alcançar, como uma caminhada de 30 minutos por dia. À medida que os seus níveis de força e fitness melhorarem, será também mais fácil aumentar os níveis de atividade física. E procure atividades que goste, o que torna mais provável que as continue a praticar.

E não se esqueça que não precisa de um treino intenso e rigoroso. Qualquer atividade, mesmo que pequena, é melhor do que nenhuma atividade. E isso pode ser dar um passeio, subir escadas em vez de apanhar o elevador ou cuidar do jardim.

Ter um parceiro de exercício é também uma boa forma de manter o foco, encorajando-o a manter-se firme, com a vantagem de promover ainda uma maior interação social, o que pode melhorar o estado de humor e o bem-estar. 

 

Fontes: https://www.btf-thyroid.org / https://www.btf-thyroid.org/coping-with-exercise

Publicar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

eleven + 13 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.