Pages Menu
RssFacebook
Categories Menu

Publicado em 03 de Outubro de 2016 às 10:00 em Cancro Iodo Noticias Tiróide | 0 comentários

TRATAMENTO COM IODO RADIOATIVO NO CARCINOMA DA TIROIDE

TRATAMENTO COM IODO RADIOATIVO NO CARCINOMA DA TIROIDE

shutterstock_85250770As células foliculares da tiroide têm como função a síntese das hormonas T4 e T3, que têm iodo na sua composição. Estas células têm, por isso, uma características invulgar entre as células do nosso organismo: captam e armazenarem no seu interior o iodo dissolvido no sangue.

A administração de iodo radioativo (Iodo-131) consiste da administração de um isótopo radioativo do Iodo (I-131) que é captado por tecido tiroideu funcional – assim, atinge seletivamente os tumores malignos derivados das células foliculares (os carcinomas papilar e folicular), poupando a generalidade dos tecidos e órgãos não afetados pela doença.

TRATAMENTO COM IODO RADIOATIVO PODE TER DOIS OBJETIVOS:

  1. Prevenir o reaparecimento da doença, situação em que se diz que o tratamento é ablativo.
  2. Destruir o tecido tumoral que não foi possível retirar durante a cirurgia, nomeadamente metástases.

O tratamento com iodo radioativo é indolor e exige apenas alguns cuidados especiais.

Publicar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *